Alagoas é destaque em revista nacional sobre gestão pública

O Governo de Alagoas foi destaque na 26ª edição da revista nacional Governança e Desenvolvimento. Criada pelo Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad), a publicação dá visibilidade à dinâmica da modernização da administração pública nos governos estaduais e distrital.

Disponibilizada de forma online, a revista traz algumas iniciativas que dialogam com a temática da Transformação Digital e que têm reconfigurado a maneira de fazer serviço público em Alagoas. Um destaque reforçado pelo material foi o fortalecimento da convergência entre as secretarias do Executivo para a criação de soluções que visam otimizar procedimentos de setores essenciais à população, como os da área da Segurança Pública.

“Temos trabalhado de forma muito integrada, unindo forças técnicas, para que consigamos atender às demandas da sociedade com assertividade. A Segurança Pública aqui de Alagoas agora conta com o Quimera, por exemplo, um aplicativo que é resultado dessa parceria e que tem dado subsídio às atividades dos agentes locais de polícia por meio da tecnologia e do uso de dados atualizados. A gestão pública não se faz sozinha, principalmente em tempos de enxugamento dos cofres públicos. É preciso, cada vez mais, integrar para entregar”, pontua o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques Santos.

Outro ponto que ganhou destaque na publicação e que dá continuidade à premissa de alinhamento entre as secretarias de Estado é o fomento à produção de conhecimento por parte do governo. Mediado pela Secretaria do Planejamento, esse processo tem rendido inúmeros materiais que dão suporte à pesquisa científica e à implementação de políticas públicas em Alagoas. Citado na revista, o Perfil Municipal é um desses produtos e reúne os principais dados e indicadores socioeconômicos referentes aos municípios alagoanos.

“A informação é a base para qualquer política pública. Por isso, estamos nos voltando ainda mais para o desenvolvimento de projetos que visem reforçar os dados que temos sobre o comportamento de Alagoas nas mais diversas áreas. Além de fortalecer a identidade alagoana, esse movimento vem apoiando o trabalho das demais secretarias e de setores importantes para o crescimento do estado”, explica o titular da Seplag.

Iniciativas podem ser replicadas em outros Estados

Segundo a coordenadora do Grupo de Comunicação do Consad e secretária de Estado de Administração e Gestão do Amazonas, Inês Carolina Simonetti, as iniciativas representadas na revista Governança e Desenvolvimento são exemplo de que, com criatividade, é possível dar seguimento às boas práticas que moldam o serviço público. Para ela, a publicação é um material importante para inspirar e mobilizar a criação de mais ações inovadoras dentro dos governos do Brasil.

“O poder público precisa evoluir para atender as exigências postas pela nova sociedade, sendo imprescindíveis, neste processo evolutivo, a criatividade e a sagacidade. Criatividade para reinventar e adaptar soluções, e a sagacidade para implementá-las. Ideias inovadoras e bons exemplos devem ser valorizados. Muitos mais que colocar holofotes sobre projetos de programas de governos, a publicação produzida pelo Consad traz exemplos de boas iniciativas que podem ser adaptadas para a realidade de cada ente federativo”, pontua a coordenadora.

Além de trazer conteúdos voltados para a modernização na gestão dos Estados, a revista trabalha outros dos principais temas discutidos pelas pastas, como patrimônio público, gestão de pessoas, padronização dos fluxos de processos, qualidade do gasto e mais. Na publicação, é possível, ainda, ter acesso a artigos que ampliam o debate com especialistas da área.

“Para nós, é um orgulho ver o nosso trabalho tendo projeção nacional e dividindo espaço com tantas ações significativas para o aprimoramento da gestão pública no Brasil. Este é um momento muito simbólico e de transformações no que tange aos serviços e procedimentos dos Estados, ficamos felizes por contribuir para a consolidação dele”, afirma Fabrício Marques.

Ascom – 27/09/2019