Apresentador da Record chama Ludmilla de “macaca” ao vivo

Ao comentar o assunto, Marcão fez um comentário pra lá de confuso, além de preconceituoso

© Reprodução / TV Record

Nas últimas semanas, a funkeira Ludmilla vinha sendo atacada por parte do seu público, que a criticava por dificultar o contato com fãs. A cantora já se negou a tirar fotos em algumas situações, segundo relatos. A situação agora é mais grave. O apresentador Marcão, do programa “Balanço Geral”, da Record TV de Brasília, chamou Ludmilla de “macaca” ao vivo, segundo informações do colunista Leo Dias.

A declaração polêmica foi dada durante o quadro ‘A Hora da Venenosa’ recentemente e passou a repercurtir nas redes sociais, segundo Dias.
O apresentador parecia inconformado com as desculpas da cantora para não tirar fotos com fãs e atacou Ludmilla com frases de conotação racista.
Ao comentar o assunto, Marcão fez um comentário pra lá de confuso, além de preconceituoso: “É uma coisa que não dá para entender. Era pobre, macaca…pobre, mas pobre mesmo. Eu sempre falo para os meus amigos: eu era pobre e macaco também. Eu era não…eu sou rico hoje, de saúde, graças a Deus”, disse.
Não é a primeira vez que a funkeira é alvo de racismo. Em maio de 2016, Ludmilla denunciou um agressor que a atacava nas redes sociais.

Notícias ao Minuto