Atlético-GO confirma que Marcelo Cabo foi visto em apartamento

Segundo conselheiro, treinador dado como desaparecido em Goiânia esteve no prédio onde mora por alguns minutos, mas deixou o local pouco tempo depois

O técnico do Atlético-GO, Marcelo Cabo, dado como desaparecido nesta segunda-feira, voltou ao seu apartamento, no Jardim Goiás, em Goiânia, e, pouco tempo depois, deixou novamente o local. A informação foi confirmada pelo diretor de futebol do clube, Adson Batista, que não soube dizer onde o treinador está neste momento.

De acordo com o coronel da Polícia Militar Wellington de Urzêda Mota, que também é conselheiro do Dragão, Marcelo Cabo esteve em seu apartamento por cerca de sete minutos e deixou o local pouco tempo depois.

– Ele subiu, desceu e retornou num táxi. Então, aquela linha de investigação de que poderia ser homicídio ou latrocínio está descartada. Ele não veio no carro dele. Não significa de que não tenha havido crime. Ele pode estar sendo constrangido a fazer alguma coisa – afirmou Urzêda à Rádio 730.

Urzêda ainda afirmou que Marcelo Cabo não tem hematomas aparentes, sujeira no corpo, na roupa e nem manchas de sangue. O caso é investigado pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), que ainda apura o que teria acontecido com o treinador rubro-negro, tido como profissional exemplar no clube.

Marcelo Cabo comandou o time em amistoso contra o Gama no último sábado e, à noite, participou de confraternização com membros da diretoria rubro-negra. O técnico tinha sido visto pela última vez às 3h de domingo, quando deixou seu prédio sem portar telefone celular e sem seus documentos pessoais. No início da tarde desta segunda-feira o Atlético-GO registrou o caso na Deic.

g1

16/01/2017