Cão ajuda a prender suspeito de agressão a mulheres

CAO
Um policial civil da 21ªDP (Bonsucesso), conhecido como Barbosa, recebeu uma ajuda inusitada durante a prisão de Edson Soares Chapetta, suspeito de agredir a esposa e a cunhada no bairro, que fica na Zona Norte do Rio, na madrugada do último sábado (16). Ele foi auxiliado pelo cão Amarelo, mascote dos policiais da delegacia.

Por volta das 4h, um homem entrou na delegacia pedindo ajuda para evitar que as duas mulheres fossem espancadas. Saindo em socorro, Barbosa avistou o suspeito segurando uma das mulheres pelo braço, enquanto a agredia a tapas. O policial deu voz de prisão em flagrante, mas ele não se intimidou, partiu para cima do policial e tentou desarmá-lo. Em seguida, o agressor saiu correndo, sendo seguido pelo policial.

Porém, todos se surpreenderam quando, atrás do suspeito, passou a correr também o cão Amarelo, que havia seguido Barbosa. Quando o homem estava sob a Linha Amarela, ele foi alcançado pelo policial e pelo animal. Vendo-se encurralado, o agressor partiu para cima de Barbosa, mas foi atacado pelo cão. Assim, o policial conseguiu imobilizar o criminoso e algemá-lo.
O cãozinho Amarelo é um vira-lata que foi adotado pelos policiais da 21ª DP, é cuidado pelos agentes e mora no local.
G1