Delegada Luci Mônica assume como secretária adjunta da SSP de Alagoas

Nova gestora defende a proposta de um trabalho integrado entre as forças estaduais de segurança

LUCI-MONICA-696x464-2
Integrante da segurança pública desde 2002, a delegada Luci Mônica acumula experiências em diferentes segmentos na capital e no interior do Estado (Adaílson Calhieros)

Mais que integrar forças no combate a criminalidade, Alagoas lidera um momento de transformações na área de Segurança Pública com a posse, nesta segunda-feira (18), da primeira representante mulher do Estado no cargo de secretária-adjunta. Com metas traçadas e um plano estratégico já definido, a delegada da Policia Civil, Luci Mônica, assume uma grande missão: dar fim ao cenário de impunidade na região, ao mesmo tempo em que garante mais voz e representatividade ao gênero feminino.

“É uma honra ser a primeira mulher do Estado de Alagoas a compor o quadro de Secretaria adjunta de Segurança Pública. Isto também me deixa com uma responsabilidade imensa perante o meu gênero, que tanto precisa ser valorizado. Teremos grandes desafios pela frente. Nosso objetivo é dar continuidade ao trabalho que já vinha sendo executado, assegurando, com a integração das policias e da Secretaria, o desenvolvimento de ações voltadas ao combate à criminalidade”, ressalta a secretária adjunta.

Além de delegada-geral adjunta da Policia Civil, Luci Mônica traz na bagagem uma experiência de 14 anos nas atividades de segurança em Alagoas. Agora, à frente da gestão da SPP, defende a proposta de um trabalho integrado entre as forças estaduais. A ideia é que juntos, Secretaria de Segurança Pública, Policias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Pericia Oficial, consigam dar um novo fôlego aos programas de investigação e combate a impunidade, como explica a delegada.

“Nossa meta é transformar a realidade de violência e criminalidade no nosso Estado. Nesta perspectiva, os crimes de homicídio e patrimoniais, em especial, serão o grande foco de atenção do segmento para este ano, por meio de ações integradas de segurança. Pretendo auxiliar o secretário Lima Júnior nesta incumbência, estar presente nas situações necessárias e, sem dúvidas, diminuir os índices e deixar a sociedade mais tranquila”, explicou Luci Mônica.

Sobre a secretária adjunta

Integrante da segurança pública desde 2002, a delegada Luci Mônica acumula experiências em diferentes segmentos na capital e no interior do Estado. Passando por Roteiro, Barra de São Miguel, Messias e Maceió, a nova secretária adjunta da SSP já atuou no combate ao crime organizado, na Delegacia da Mulher – onde participou na inauguração da segunda unidade da capital alagoana –, na gestão da delegacia do Benedito Bentes, além da diretoria de Estatística Armas e Informática da Policia Civil.

Agência Alagoas