Fiscalização eletrônica: SMTT acredita em diminuição no número de acidente

68aa42bd-2653-4ef7-bc90-b334f08cb9d5

Em Maceió, de janeiro de 2014 a janeiro de 2016, foram registrados mais de quatro mil acidentes. Com base nesses dados, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), iniciou a instalação de equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade em 10 pontos na cidade.

Segundo o assessor especial de Trânsito da SMTT Roberto Barreiros, o objetivo é diminuir o numero de acidentes. “Queremos proteger o pedestres e os ciclistas, que são as pessoas mais frágeis no trânsito, disciplinando os condutores que correm demais. Hoje o equipamento consegue registrar o motoqueiro que passar a mais de 60km por hora. Sem dúvida, um avanço da tecnologia, pois antes não era possível fazer esse monitoramento”, ressaltou.

“Trabalharemos com 10 equipamentos. Cinco deles já foram instalados e os demais serão posicionados, até o final de março, na Avenida Assis Chateaubriand e na Via Expressa. Os que já estão em funcionamento, localizados na Durval de Góes Monteiro, na Fernandes Lima e no cruzamento da Álvaro Otacílio, registram todas as infrações, mas as multas só serão aplicadas a partir do dia 28”, explicou Barreiros.

Os pontos para a instalação dos equipamentos foram escolhidos devido à grande incidência de acidentes, como atropelamentos. A intenção é disciplinar o condutor a respeitar o código de trânsito, em vigor há quase 20 anos. De acordo com Barreiros, haverá sinalização indicando o limite de velocidade da via.

“Faremos um trabalho de educativo para que as pessoas respeitem o limite de velocidade. Quem for pego na fiscalização receberá multas de leve a pesada, com a aplicação de 3 a 5 pontos na carteira. O avanço do sinal, por exemplo, representa 5 pontos e uma multa de R$127. Se o condutor já tiver alguns pontos acumulados ao longo do ano, precisa ter mais cuidado para não perder a habilitação”, reforçou Barreiros.

Alterações de velocidade

Com a fiscalização eletrônica, a velocidade permitida nas avenidas Durval de Goes Monteiro e Fernandes Lima passa de 70 para 60 Km por hora. Já na Álvaro Otacílio, a velocidade será de 50 km por hora. “Outro local onde são registrados muito acidentes é a descida da ladeira da rodoviária para o bairro do Jacintinho. Lá um equipamento também será instalado. O condutor terá que respeitar a limitação, mesmo sabendo que o equipamento tem certa tolerância. Se todos andarem dentro do que exige a lei, o fluxo fluirá normalmente”, destacou Barreiros.

Sinal vermelho

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), informa que a partir das 23 horas até às 5 horas da manhã haverá a tolerância para cruzar sinais vermelhos. A liberação se dá devido ao risco de assaltos em determinados pontos da cidade e acontece em outras capitais nordestinas, como Fortaleza. Porém, a fiscalização eletrônica estará ativa para excessos de velocidade.

Secom/Maceió

(Visited 68 times, 1 visits today)