Jequiá da Praia lidera ranking nacional de emprego em dezembro de 2015

emprego

Jequiá da Praia, distante 62 km da capital alagoana, foi o município brasileiro que mais gerou emprego formal em dezembro de 2015. Nesse período, a cidade gerou 1.372 contratações e apenas 35 desligamentos, o que resultou no saldo de 1.337 postos de trabalho criados, colocando-o na liderança do ranking nacional de emprego formal.

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego apontam o setor da indústria da transformação como o responsável pelo impacto positivo no município.
De acordo com a análise do Observatório do Trabalho, ligado a Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego (Sete), todos esses postos de trabalho foram criados pela Usina Cansanção de Sinimbu.

“Enquanto a maioria das indústrias iniciou a moagem nos meses de agosto e setembro, a Usina Sinimbu começou o processo no final do ano, portanto, intensificou as contratações no mês de dezembro, o que justifica o elevado nível de admissões no município neste final de 2015”, explicou Thiago Figueiredo, economista do Observatório do Trabalho.

O secretário do Estado do Trabalho e Emprego, Rafael Brito lembrou que além de Jequiá da Praia, a cidade de Arapiraca também se destacou em nível nacional como o quarto município que mais gerou emprego em 2015. Para ele, esse cenário reflete as medidas tomadas pelo Governo de Alagoas em favor dos trabalhadores alagoanos.

“Apesar da crise recessiva de 2015 que não poupou nenhum Estado, o Governador Renan Filho conseguiu fazer bem o dever de casa. Ele desobstruiu pautas solicitadas pelo setor econômico local, ofereceu atrativos fiscais para novos investimentos o que colaborou com as posições de alguns municípios alagoanos no ranking nacional de emprego formal”, declarou Rafael.

Agência Alagoas

(Visited 92 times, 1 visits today)