Menino de 5 anos é torturado a mando de entidades

Ritual de magia negra foi feito para obter prosperidade

noticia_42274

Um menino de cinco anos, cujo nome não pode ser divulgado, está internado na Santa Casa de Campo Grande (MS). Ele foi hospitalizado com dilatação e inchaço no abdome e na região escrotal, além de queimaduras na face.

Após ser abandonado pela mãe ano passado, passou para custódia da avó, que não pode mais cuidar dele por “falta de condições financeiras”, e entregou para os tios-avós 10 meses atrás.

Desde que foi morar com esses parentes passou a sofrer agressões. Após visita do Conselho Tutelar, a criança foi acolhida pelo poder público. A tia contou à polícia que recebia “entidades” e “espíritos” e que batia na criança a mando deles.

As agressões cometidas incluíam queimaduras com água quente no rosto, orelhas e pescoço, além de socos e pancadas.

A Santa Casa informou que a criança está consciente e foi submetida a um procedimento cirúrgico. Ele apresenta “extensas queimaduras” e teve unhas das mãos e dos pés arrancadas. Poderá também ficar cego, pois teve pinga (cachaça) quente jogada nos olhos.

Levados para a delegacia, os tios-avós acabaram presos. Eles confessaram o crime e disseram que utilizavam a criança em rituais de magia negra, para obter prosperidade.

Agências

(Visited 239 times, 1 visits today)