Obras do Centro Pesqueiro de Jaraguá estão a todo vapor

15MA-Prefeito-Vistoria-Obras-do-Centro-Pesqueiro-65-1024x678

Galpões, máquinas e homens trabalhando. Com 40% dos serviços executados, a Prefeitura de Maceió segue com as obras do Centro Pesqueiro de Jaraguá. O projeto do equipamento de inclusão social foi elaborado em parceria com a comunidade, já beneficiada com os apartamentos do Residencial Vila dos Pescadores, no Sobral.

Nesta sexta-feira (15), o prefeito Rui Palmeira vistoriou o andamento das obras e destacou a construção como um divisor de águas para os trabalhadores da pesca. “Todos os equipamentos que estão sendo construídos aqui no Centro Pesqueiro são para beneficiar primeiramente os pescadores. Estamos construindo balanças, fábrica de gelo, estaleiros e, entre outras estruturas, um espaço de lazer que vai atrair a população e turistas ao Centro”, disse.

15MA-Prefeito-Vistoria-Obras-do-Centro-Pesqueiro-146-1024x630

Prefeito vistoriou as obras do Centro Pesqueiro. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

Rui afirmou ainda que a construção do Centro Pesqueiro é um passo definitivo da Prefeitura para a requalificação de Jaraguá. “Com a conclusão do Centro Pesqueiro nós estamos promovendo a reocupação do Jaraguá, bairro histórico onde nossa cidade teve origem, mas que esteve durante anos esquecido pelo poder público. Agora será diferente, as pessoas terão atrativos para vir ao Jaraguá, seja para fazer compras, utilizar a área de lazer, ou contemplar a linda praia”, acrescentou.

O vice-prefeito Marcelo Palmeira também acompanhou a vistoria e lembrou o esforço da gestão do Município para a construção do Centro. “Um trabalho fruto da integração e esforço da Prefeitura, que conseguiu transferir os moradores da favela para o residencial e para aluguéis sociais de forma pacífica. Toda a cidade vai ganhar, mas sem dúvida os maiores beneficiados serão os pescadores, que passarão a contar com um espaço higienizado para o armazenamento, comércio do pescado e lazer das suas respectivas famílias”, colocou.

A primeira etapa do projeto será entregue até o final de junho, quando a Prefeitura fará a transferência dos trabalhadores da antiga balança de Jaraguá para as novas instalações. Em seguida, serão iniciadas as obras do espaço de lazer ao lado dos galpões. Esta segunda etapa será entregue no segundo semestre. “Tivermos que fazer alguns ajustes no projeto inicial, após detectarmos dificuldades no terreno, mas estamos trabalhando diariamente e o projeto está avançando bem”, disse o representante da construtora responsável pela obra, Hemetério Calheiros.

O projeto do Centro Pesqueiro de Jaraguá é encabeçado pela Secretaria Municipal de Habitação Popular e Saneamento (SMHPS). Entre outras estruturas, o Centro terá um mercado de peixe adequado nos moldes que a Vigilância Sanitária preconiza, três estaleiros e uma fábrica de gelo. No local serão construídos também uma câmara frigorífica e um espaço adequado para o beneficiamento dos pescados, além de depósitos para o armazenamento dos materiais. Todas as estruturas serão voltadas para as famílias antes residente na favela, transferidas para a Vila dos Pescadores, no Sobral, e que têm na pesca a principal atividade de sobrevivência.

Eberth Lins/ Secom Maceió

(Visited 47 times, 1 visits today)