Quadrilha presa ameaçava e expulsava de casa pessoas que não ‘ajudassem’ o tráfico

7f9164e0-939f-44fd-bf7e-7cef006a2afa

Segundo a polícia, sete pessoas e um adolescente foram presos em Maribondo nesta manhã

Sete pessoas foram presas, durante uma operação deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (26) em Maribondo. O grupo é acusado de pertencer a uma quadrilha que atuava no tráfico de drogas na região. Eles chegavam a ameaçar moradores da região caso eles não colaborassem com a continuidade do tráfico de drogas.

A ação foi realizada no Conjunto Mutirão, no bairro Planalto, e foi comandada pelo delegado distrital Claudemiltkson Benemarcan, com o apoio do delegado-geral Paulo Cerqueira e do delegado Carlos Reis, gerente de Polícia Judiciária da Área 3 (GPJ2).

Os presos foram identificados como: Robson Geovane de Araújo Moura, 20 anos, conhecido por “Robinho”; os irmãos José Elizael da Paixão, 25, e Leandro da Paixão, 23 anos; José Roniel de Araújo de Moura, 23; Wilames Santos, também de 23 anos; José Cícero de Moura, 55, o “Tisau”; e Maria Betânia Gomes Vieira, de 29. O menor apreendido tem 16 anos.

Com o grupo, a polícia apreendeu droga, um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12. Também foi apreendida uma motocicleta CG Titan, placa NMH 4724/AL, roubada na região e que era utilizada para transportar a droga e arrecadar o dinheiro do comércio ilegal.

O delegado informou que a quadrilha era liderada por “Robinho” que, inclusive, expulsava das casas do conjunto Mutirão as pessoas que não colaboravam com o grupo criminoso.

Segundo a polícia, algum tempo atrás, Robinho tentou matar um morador do conjunto, que na tentativa de se proteger dos tiros usou um adolescente como “escudo”. Mesmo assim, Robson Geovane atirou e acabou matando a criança.

Conforme ainda o delegado, Wilams Santos havia sido preso recentemente na cidade de Arapiraca, acusado de porte ilegal de arma. A ação policial também teve a participação de agentes da delegacia distrital de Maribondo, com o apoio de policiais da GPJ2 e da Asfixia.

Ascom PC/AL
(Visited 65 times, 1 visits today)