Seminário aborda vantagens da produção de milho e soja em Alagoas

Encontro promovido pela Seagri acontece na próxima segunda-feira (11), na sede da Faeal

60089bfd39c4e90e37ccd64af3e7cb70_L
No ano passado, Alagoas conseguiu uma colheita de 800 toneladas de soja após um plantio experimental. Fotos: Petrônio Viana

Os aspectos relacionados ao cultivo, viabilidade e comercialização de milho e soja serão debatidos na próxima segunda-feira (11), durante o I Seminário Alagoano de Produção de Grãos, promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri). O encontro acontece na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Alagoas (Faeal), no bairro do Jaraguá, em Maceió, das 8 às 17 horas.

O seminário integra as ações do Programa de Incentivo à Produção de Grãos, executado pelo Governo do Estado por meio da Seagri, com a meta de diversificar a agricultura alagoana apresentando as vantagens do investimento em milho e soja aos produtores rurais afetados pelas dificuldades do setor sucroenergético nos últimos anos.

????????????????????????????????????

Segundo o coordenador do programa e superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Seagri, Hibernon Cavalcante, o seminário contará com as palestras do engenheiro agrônomo Flávio Jesus Wruck, da Embrapa do Mato Grosso, sobre integração lavoura-pecuária, e com a apresentação do estudo realizado pelo consultor Diógenes, da Inovagro, sobre a viabilidade na produção de soja em Alagoas.

Os participantes do encontro também poderão conhecer as técnicas de plantio e manejo na cultura do milho, apresentadas pelo engenheiro agrônomo da Dow Agrosciences, Matheus Rocha, e ouvir as orientações do engenheiro agrônomo da Multigrains Economia Agrícola, sobre os mercados e a comercialização de grãos no Nordeste.

O secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, destaca os avanços alcançados pelo Programa de Incentivo à Produção de Grãos em 2015 e avalia que, em 2016, os resultados devem ser ainda mais significativos.

????????????????????????????????????

“No ano passado, mesmo com poucas chuvas, quase que triplicamos a produção de milho em Alagoas, com relação ao ano anterior, e conseguimos uma colheita de 800 toneladas de soja após um plantio experimental. Essa colheita foi quase toda exportada para a Europa, o que demonstra a viabilidade dessa cultura. Alagoas tem grande potencial para explorar o mercado de grãos no Brasil e no mundo, basta que os produtores acreditem nessa cultura. E a intenção do governador Renan Filho é oferecer uma nova Alagoas também no setor agropecuário, com uma maior diversificação e uma produção de qualidade”, lembrou Vasconcelos.

O Programa de Grãos é executado em parceria com a Embrapa, Sebrae e outras 30 empresas de implementos, insumos e equipamentos agrícolas, instituições financeiras e universidades.

Agência Alagoas – Petrônio Viana

(Visited 56 times, 1 visits today)