Ufal: Marcelo Palmeira apresenta projeto de hospital materno infantil

O vice-prefeito Marcelo Palmeira apresentou o projeto do Hospital Materno Infantil à reitora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Valéria Correia. O encontro aconteceu na tarde desta sexta-feira (08), na reitoria, e contou com a presença de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Marcelo Palmeira se reuniu com Valéria Correia, Reitora da Ufal, para apresentar o projeto do Hospital Materno Infantil. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
Marcelo Palmeira se reuniu com Valéria Correia, Reitora da Ufal, para apresentar o projeto do Hospital Materno Infantil.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

“Estamos iniciando os contatos com a Ufal, que dispõe de terrenos na parte alta da cidade e o projeto do hospital contempla essa área. A Prefeitura trabalha a viabilidade financeira para a construção da unidade de atendimento, pois é de interesse do prefeito Rui Palmeira e toda sua equipe que essa obra possa ser realizada nos próximos meses”, ressaltou o vice-prefeito.

Reunião na Ufal para apresentar projeto do Hospital Materno Infantil. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
Reunião na Ufal para apresentar projeto do Hospital Materno Infantil.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A expectativa é de que a nova unidade realize, mensalmente, uma média de 250 partos. As gestantes seriam encaminhadas das unidades de saúde onde fazem o pré-natal, diminuindo a demanda de procedimentos na parte baixa da cidade.

Com 40% da população de Maceió residindo na parte alta da cidade, a nova unidade desafogará a demanda registrada na capital. “A avaliação do projeto é muito positiva. Conversamos com o vice-prefeito e já iniciamos as tratativas para essa parceria. Entendemos que o hospital é muito importante para essa região e a articulação com a universidade proporciona isso, já que existe uma lacuna muito grande no setor materno-infantil de assistência à saúde no estado de Alagoas”, disse a reitora da Ufal, Valéria Correia.

Ainda segundo Valéria Correia, a nova gestão da universidade defende que ela seja uma instituição socialmente referenciada. “Vamos fazer todas as tratativas no sentido de que também, a Ufal, participe no que diz respeito ao ensino e a pesquisa dentro do Hospital Materno Infantil”, reforçou a reitora.

Secom Maceió